INTELIGÊNCIA EMOCIONAL EM TEMPOS DE CRISE

A pandemia de Covid-19 afetou profundamente diversos setores no Brasil e no mundo. Agora, temos boas expectativas de que esses tempos difíceis estejam chegando ao fim com as vacinas, mas o fato é que muitos empreendedores ainda estão sofrendo com o cenário de incertezas e realmente não sabem como manter o negócio funcionando.

Não há dúvida que o setor comercial, de forma geral, foi um dos mais prejudicados na pandemia e sabemos que esses períodos de crise abalam também o psicológico das pessoas envolvidas, sejam gestores ou colaboradores das empresas. Por isso, profissionais da área de vendas precisam buscar equilíbrio e inteligência emocional para lidar com os desafios do dia a dia.

Continue lendo e entenda melhor por que é tão importante cuidar de sua inteligência emocional.

O que é inteligência emocional

De maneira resumida, trata-se da habilidade de compreender e conseguir gerenciar as próprias emoções dentro de si e com relação aos outros. Uma pessoa emocionalmente inteligente tem mais aptidão para solucionar problemas, comunicar-se bem e produzir empatia.

Em vendas, o profissional com inteligência emocional é aquele que possui algumas habilidades essenciais. Ele tem autoconsciência, ou seja, consegue olhar para si e enxergar melhor como os outros o veem, reconhecendo seus pontos fortes e aqueles em que precisam melhorar. Também possui autogestão, o que quer dizer que pensa antes de agir e se permite ponderar, respirar fundo e “contar até três” antes de falar ou fazer algo.

Este profissional também tem consciência social, que significa praticar a escuta ativa e se importar em entender o seu próximo. Outra habilidade é a de gerenciamento social, ou seja, além de se conhecer bem, procura ouvir e conhecer melhor as pessoas com quem interage, sempre preocupado com geração de empatia, mesmo em situações de estresse.

O profissional emocionalmente inteligente não entra em pânico nem toma decisões no calor da emoção, mas consegue manter uma comunicação calma e clara.

Como exercitar a IE

É importante enfatizar que inteligência emocional não depende apenas de se ter um talento natural, mas de se desenvolver um conjunto de habilidades e competências que podem ser aprendidas e treinadas. Para profissionais do setor de vendas, existe uma boa técnica para desenvolver a inteligência emocional: a SBNRR, que é a sigla em inglês das palavras Stop (Pare), Breathe (Respire), Notice (Perceba), Reflect (Reflita) e Respond (Responda). Seguir essas fases num momento de estresse ou crise pode ser bastante útil.

Dicas rápidas para gerenciar bem as emoções em momentos de crise:

  • Seja otimista em relação ao futuro, com os pés no chão, mesmo que o cenário não seja o mais favorável agora, mentalize que tudo vai ficar bem.
  • Seja compassivo e faça o que estiver ao seu alcance para ajudar o outro.
  • Seja empático, inclusive com seus superiores, em vez de apenas reclamar sobre as pressões e as metas.
  • Seja claro e transparente em sua comunicação, troque a agressividade por posicionamento.
  • Seja resiliente e busque se adaptar rapidamente, diante de mudanças inesperadas. 
  • Tenha uma visão sistêmica sobre a situação e busque entender o que cada um está fazendo e suas motivações.

Espero que, a despeito da pandemia e de toda crise, você consiga manter um alto nível de inteligência emocional. Se esse artigo foi útil para você, considere compartilhá-lo com algum amigo que também possa se interessar.

Comentários

comentários

Post A Comment