SOCIAL SELLING PODE AUMENTAR SUAS VENDAS?

Acho que nem preciso falar que hoje em dia todo negócio deve ter um perfil nas redes sociais, para ampliar seu alcance e ser visto por mais pessoas, certo? O que muita gente ainda não sabe é como fazer com que essa presença na internet resulte em aumento nas vendas.

O crescimento das lojas virtuais e da busca por comodidade na hora de comprar é um fato incontestável. Então, se você quer vender, é preciso explorar os novos formatos e possibilidades.

Quero explicar um pouco o conceito de social selling e apontar que benefícios ele pode oferecer ao seu negócio. Continue acompanhando.

O que é social selling?

A tradução literal do termo é “venda social”, mas para que você entenda melhor, trata-se do processo de criação de relacionamento e posteriormente vendas através das plataformas de mídias sociais, como Instagram, Twitter, Facebook e LinkedIn.

O ponto principal a se pensar é que as empresas estão nessas redes para interação e criação de relacionamentos com pessoas, mas esse é o primeiro passo e a consequência pode ser seguidores sendo transformados em clientes.

É claro que grande parte do público das redes está ali para se relacionar com os amigos, mas muita gente — e cada dia mais — gosta de descobrir novos produtos e serviços, seguir marcas e ler feedbacks de quem já conhece o negócio.

A grande questão é que, nesse ambiente, os vendedores não devem abordar o público para uma venda direta, incisiva, e sim se aproximar das pessoas e conhecê-las — suas dores, suas necessidades, seus desejos.

Quais seus benefícios?

Talvez você esteja se perguntando como efetivamente o social selling pode ajudar sua empresa a fechar mais vendas. A resposta é que essa pode ser a forma mais fácil de nutrir o interesse e conquistar a confiança de seus potenciais compradores.

É importante dizer que o relacionamento não é instantâneo, mas construído aos poucos. Porém, depois que a marca se torna uma base de confiança para alguém, crescem as chances tanto dessa pessoa comprar quanto recomendar para outros.

Como colocar em prática?

Pensando nas etapas do processo de vendas, lá no topo do funil, na fase de reconhecimento, utilize as redes sociais para encontrar usuários que tenham o perfil de seu público alvo e influenciadores do seu nicho. É aí que entra também o marketing de conteúdo, ou seja, ofereça conteúdo relevante e de qualidade que atraia a atenção das pessoas. Para aumentar o alcance, vale investir e pagar para promover esse conteúdo.

Na fase de geração de leads, as mídias sociais podem ajudar bastante a detalhar seu potencial cliente, com informações importantes, como quem é, o que gosta e onde mora.

O fato é que o social selling pode até mesmo encurtar o ciclo de vendas, o que significa redução no custo de aquisição de clientes, já que a abordagem pode ser mais efetiva depois que já há uma relação de confiança e o vendedor conhece melhor o perfil dos prospects.

Agora você já sabe um pouco mais sobre o social selling e como ele pode ajudar a alavancar suas vendas.

Se você gostou desse conteúdo, não vá embora ainda. Acredito que também vai se interessar pelo meu artigo em que falo sobre como o neuromarketing influencia na decisão de compra dos seus clientes.

Comentários

comentários

Post A Comment