“INDÚSTRIA 4.0” E SEUS EFEITOS NA EMPRESA, NO TRABALHO E ATÉ NA SUA VIDA PESSOAL

Vale a pena conhecer os conceitos da indústria 4.0 e pensar a respeito, independente do tamanho da sua organização.

Esse é um assunto novo, interessante e que venho estudando há algum tempo.
Como tenho visto que algumas pessoas ainda não estão muito familiarizadas com o tema e sua repercussão, decidi falar um pouco a respeito e preparar alguns textos que podem proporcionar boas trocas de experiências.

As chamadas revoluções industriais são marcos históricos que comprovam o desejo das empresas e de empresários do ramo industrial de saciarem suas buscas por modernização, inovação e crescimento, através de invenções, criações e mudanças, visando sempre incrementar a produção.

Revoluções Industriais

A primeira Revolução Industrial, iniciada no final do século XVIII, marcou a história da humanidade na medida em que muitos dos processos artesanais foram parcialmente ou totalmente absorvidos por máquinas, sobretudo as movidas à vapor.

Já no final do século XIX e no período que durou até o final da Segunda Guerra Mundial em 1945, pode-se dizer que vivemos a segunda Revolução Industrial, essa marcada pelo surgimento das primeiras linhas de produção que permitiram a fabricação num processo massificado com significativas reduções de custos.

Estudiosos entendem, então, que a terceira Revolução Industrial aconteceu ainda na segunda metade do século XX e escreveu sua passagem com a efetiva entrada do computador no ambiente produtivo, com o uso de processos integrados em larga escala, com o uso ainda limitado da internet e do processamento digital.

Já no início do século XXI, vimos que a internet assumiu o papel de verdadeira protagonista, desenvolvendo-se em níveis jamais imaginados, proporcionando às empresas a possibilidade de rápida informatização global e, ao homem comum, o acesso direto ao amplo mundo tecnológico, inclusive, com baixo custo. Além disso, computadores, peças e componentes computacionais ficaram cada vez mais rápidos e compactos, com maior poder de processamento e armazenamento.

A indústria 4.0

Todo esse movimento trazido pelo desenvolvimento da internet, pela produção de softwares e hardwares mais rápidos e potentes, pela acessibilidade praticamente irrestrita e de baixo custo da tecnologia proporcionou o aprimoramento das máquinas e sistemas, através de um processo de automação mais intenso e de maior alcance qualitativo.

Assim, as máquinas intensificaram o processo colaborativo de produção, através de redes inteligentes de comunicação integrada, gerando a real possibilidade de aumento de competitividade e, consequentemente, de desempenho das empresas. Enfim, esse é o momento histórico em que surge a indústria 4.0, ou seja, um novo movimento que – na visão de estudiosos e pesquisadores – tem o potencial para transformar o mundo que conhecemos hoje a partir de irrefreáveis evoluções tecnológicas e assim levar a humanidade para um novo patamar de desenvolvimento e conhecimento.

A indústria 4.0, também conhecida como “smart factory” redefine o conceito de fábrica inteligente que através da combinação de tecnologias, de sistemas integrados, flexíveis e customizados, pretende utilizar equipamentos inteligentes através de procedimentos de automação, robotização e digitalização, entre outros, para fabricar produtos inovadores, criar soluções de alto impacto e até proporcionar uma prestação de serviços diferenciada.

Enfim, a indústria entendeu que o homem quer ir além de produtos e serviços, ou seja, na verdade, estamos em busca de experiências e de viver todos os benefícios que a tecnologia pode proporcionar.

Vai dar certo? Nós, consumidores, empresas e profissionais estamos no melhor caminho?

O tempo dirá (e rápido!).

O importante é perceber que todo esse cenário tem sido construído de forma muito dinâmica e intensa, exigindo que as empresas de todos os portes, ramos e setores passem a rediscutir, reavaliar e repensar suas estratégias para, então, redefinirem as formas de atuação e de gestão de seus próprios negócios.

No mesmo rumo, profissionais também terão que reavaliar seus conceitos, suas formas de pensar e agir para conseguirem acompanhar a rápida evolução pela qual estamos passando #ficaadica!

Faça [email protected]

Você já pode comprar o meu livro! Acesse https://pag.ae/7Vr_Ygu4o

Comentários

comentários

Post A Comment