ATENDIMENTO AO CLIENTE EM 5 PASSOS

Antes de falar da estrutura adequada de um bom atendimento é necessário quebrar alguns paradigmas. Em primeiro lugar, muita atenção: bom atendimento não é sinônimo de simpatia, não se iluda! Aliás, ser simpático ajuda, mas não resolve de verdade.

A excelência no atendimento começa pela geração da empatia, pela preocupação genuína de quem atende para entender as necessidades e anseios de cada cliente.

Em segundo lugar, tenha muito cuidado antes de pensar em “superar expectativas”, pois o cliente hoje deseja que você cumpra o que prometeu, ou seja, trabalhe sério para cumprir os compromissos que assumiu, isso gera encantamento.

Atualmente, em qualquer negócio, o atendimento passou a ser uma obrigação de todos dentro da empresa, ou seja, é preciso cuidar bem do cliente, em todo o processo.

Atender com excelência é acompanhar o cliente de ponta a ponta, cuidando do relacionamento em todas as esferas. Por isso, é tão importante treinar e praticar a estrutura de um bom atendimento.

Parece simples e é mesmo! Mas então porque tantas pessoas reclamam do atendimento recebido quando precisam efetuar desde simples negócios até os mais complexos?

A estrutura adequada de um bom atendimento em 5 passos

  1. Paixão por servir. Atender é servir! Já atender com excelência é fruto da paixão por servir. Por isso é preciso entender o desejo do cliente, entender suas dores e necessidades, para então pensar em possibilidades de solução. Você trabalha pelo cliente e não para o cliente!
  1. Transparência. O atendimento deve ser claro e objetivo, pautado pelo cumprimento de compromissos assumidos na relação negocial. Ou seja, não prometa. Mas, se prometeu… cumpra! Essa é uma regra sem exceções.
  1. Empatia. O atendimento deve ser profissional, mas nunca impessoal. Estamos vivendo a era da digitalização e, consequentemente, da robotização, mas o grande diferencial que podemos oferecer – como atendentes – é, justamente, a capacidade de gerar empatia com o outro: olhar nos olhos, colocar-se no lugar do outro e tratá-lo com pessoalidade.
  1. Disponibilidade. Ser disponível é ter a vontade genuína de apoiar. Quem demonstra disponibilidade real demonstra a efetiva capacidade de auxiliar o outro em todas as suas buscas.
  1. Geração de Valor. Preço é o que o cliente paga e valor é o que você entrega!

Por que é bom ser atendido por você? Qual(is) diferencial(is) você cria com o seu atendimento? Qual valor real você entrega ou gera com seu atendimento? Se não conseguir responder, então, está na hora de repensar seus conceitos.

Lembre-se, a excelência no atendimento é fruto de treinamento e boas práticas nas empresas, as quais buscam sempre o melhor para seus clientes.

Vamos falar? [email protected]

Já leu meu livro? Acesse https://pag.ae/7Vr_Ygu4o

Comentários

comentários

Post A Comment