ATENDIMENTO AO CLIENTE NA INDÚSTRIA 4.0

Estamos vivendo a era da digitalização! Um momento histórico conhecido por muitos estudiosos, pesquisadores e empreendedores como a 4ª Revolução Industrial ou Revolução da Indústria 4.0.

Nesse cenário, a robotização, a automação e os processos digitais têm sido os grandes protagonistas de uma nova era, onde – aos poucos – ficamos com a sensação real de que o ser humano vai sendo substituído pela máquina.

A chamada “inteligência artificial”, então, entra em cena para a execução de tarefas diversas e a força dos sistemas ciberfísicos, bem como da internet das coisas e da internet dos serviços aceleram os ciclos de inovação com produtos, serviços e soluções cada vez mais inteligentes.

Era da digitalização
E em um cenário que engloba realidade virtual, big data, impressão 3D, computação na nuvem, cibersegurança, entre outros, como ficamos?
Bem, eu – particularmente – tenho defendido a ideia de que nós, seres humanos, ainda podemos nos diferenciar das máquinas pela excelência no atendimento (seja ao cliente interno ou externo).

Nós, seres humanos, ainda temos nas mãos a chance de gerar empatia e provocar encantamento nas outras pessoas.
Parece pouco e simples e é mesmo, mas é muito efetivo!

Talvez, a excelência no atendimento ainda seja aquela pequena “luz no final do túnel” para quem tem se incomodado com a real possibilidade de ser substituído por uma máquina.

Retomada do crescimento
Além disso, já é possível dizer – com base em algumas análises econômicas recentes – que economia brasileira tem a chance de voltar ao ritmo de crescimento já a partir de 2018. Aliás, alguns economistas mais otimistas dizem que esse pode já ser o ano de retomada.

Nesse cenário, é bem possível que as pessoas voltem a comprar, num ritmo mais positivo, mas, muito provavelmente, não como antes. O que quer dizer que a exigência dos consumidores, daqui para frente, estará cada vez maior.

Com o período de recessão, o brasileiro ficou mais exigente e atento em relação aos seus gastos. E, por isso, o atendimento em nível de excelência será primordial para conquistar a confiança dos clientes dispostos a fazer negócios.

Os clientes não querem mais apenas um produto ou serviço. Eles querem valor, querem benefícios e estão ávidos por experiências.

Atendimento de excelência
O Profissional de Atendimento, seja ele de qualquer setor, precisará então produzir encantamento, empatia e valor – ou seja, além de saber as funcionalidades do produto que está vendendo ou serviço que está ofertando, terá que ir além para entender, de verdade, as reais necessidades e desejos do cliente.

Agora, mais do que nunca, perguntar vai ser muito mais importante do que responder! Ouvir será muito mais importante do que falar!

Outra habilidade fundamental que o Profissional de Atendimento deverá desenvolver é a capacidade de entender o funcionamento dos processos da empresa em que trabalha. Isso não significa saber fazer tudo, mas significa saber onde procurar a solução para o problema do cliente.

Agora, o mercado exigirá, cada vez mais, profissionais habilidosos em lidar com adversidades, de forma ágil e segura.

Seja em grandes ou pequenos negócios é fundamental ter e praticar a Estrutura Adequada de um Atendimento, pois isso fará toda a diferença.

É o Atendimento com Excelência que irá separar os bons dos ruins, os lentos dos rápidos e determinar quem sobreviverá no mercado pós-recessão!

Seja um gerador de valor, um Profissional de Atendimento preparado para encantar e gerar empatia, de forma rápida e efetiva.
Conte comigo, que eu conto com você.

[email protected]

Já conhece meu livro? Acesse o link https://pag.ae/7Vr_Ygu4o

Comentários

comentários

Post A Comment